segunda-feira, 15 de maio de 2017

Ajudando um amigo.

Não se preocupe, o sol sempre nasce todos os dias.
Márcio por favor me ajude estou passando por uma tempestade em minha vida.
Fui criado em uma família evangélica, sempre fui o certinho, o rapaz de DEUS, aquele rapaz exemplar que dava orgulho nos pais. Quando completei 15 anos sai da igreja, não para frequentar bailes funks, comer dezenas de mulheres, beber até cair porque acho isso uma merda, mas porque foram 15 anos vivendo aquela religião e queria respirar, frequentar novos ares. 

Eis que aos 18 anos volto à igreja, e em uma das visitas da minha igreja há outra de um famoso cantor evangélico, conheço uma linda menina de sorriso meigo, pele bronzeada, corpo de panicat. Logo que nossos olhares se cruzaram me apaixonei. Ela era linda, meiga uma moça de "família". Ela me conta que não é evangélica só estava visitando a igreja com sua tia, trocamos telefones para manter contato.

Depois de uma semana eu ligo pra ela e marco um encontro na zona oeste do rj (onde ela mora) fomos em uma hamburgueria começamos a conversar sobre nossas vida, planos, sonhos e etc. Depois dessas conversas meu amor por essa mulher só aumentou. Começamos a sair toda semana, saídas light, dando uma volta no shopping, cineminha, restaurante, parque de diversões, conversávamos sobre religião e ela dizia que queria seguir a minha, eu sempre dei força ajudei e etc.

Depois de 6 meses de saídas ela confidencia que está apaixonada por mim, eu estava extasiado com aquilo, eu já tinha um amor platônico por aquela menina, perguntei se ela queria ser minha namorada, e ela aceitou. Foram 3 anos vivendo a vida dos sonhos, com a mulher que DEUS teria reservado pra mim, mas do nada ela começou a ficar fria comigo, mensagens no WhatsApp que ela fazia questão de esconder de mim, saia com as amigas sem me avisar. Até que um amigo dela que foi o que mais fiquei próximo me contou que ela estava me traindo e com outra MULHER, uma tal de Carol descobri que ela tinha um passado lésbico e já tinha tido outras 2 namoradas.


Sabendo disso interroguei ela dizendo que já sabia que ela tinha me traído, e ela me disse que sim me traiu e queria terminar a relação. Ela era minha noiva e o grande amor de minha vida escrevi isso chorando eu ti muito mal To pensando seriamente em me matar destruir a minha vida porque amo ela e nunca a terei. Preciso de um conselho sou um leitor sei já s algum tempo queria saber se você pode me ajudar com um conselho, uma ajuda sentimental eu ti muito mal k suicídio ronda minha cabeça.
Anônimo. 

Crise de abstinência, sente saudade de dormir ao lado dela. 

É um assunto muito delicado meu amigo, você deve encarar essa situação de frente com a cabeça erguida, o primeiro passo para isso é parar de sentir pena de si mesmo, ficar com questionamentos interno do porque isso aconteceu contigo. Sei perfeitamente que isso deixa o homem louco, fica pensando “Sou um rapaz legal, maneiro, educado, trato bem as mulheres, e no final acontece isso!”. Existe um provérbio indiano que fala “Não existe desilusão! Desilusão significa percepção da realidade!”, você apenas está enxergando a realidade desse mundo. Todo sofrimento humano vem da falta da percepção da realidade, cria um mundo paralelo, onde é sustentado pelas suas fantasias e ilusões. Quando a realidade vem, rompe com isso, causa o maior choque no homem.

Religião é um assunto complicado, nas igrejas evangélicas prometem o paraíso terrestre, onde vai conseguir bom emprego, receber bom salário e principalmente terá uma linda mulher, que vai amá-lo e constituir uma família. Respeitando os evangélicos, (espero que não me interprete mal), as igrejas evangélicas se tornaram uma fábrica de manginas, onde faz um homem descente casar com uma ex-vadia. Já vi muito depoimentos de evangélicos, que ficaram revoltados, porque viu o irmão dele de igreja casar com ex-prostitutas, ex-drogadas e assim por diante.

Nos Vedas ensinam que não existe amor nesse mundo, que só pode ser obtido somente nas coisas espirituais. O motivo é simples, tudo que é material está sujeito pela ação do tempo, por isso que as coisas são impermanentes, ao contrário do espiritual que são eternas e não sofre pela ação do tempo. As paixões está relacionado com energia material e não espiritual.

Na realidade você não ama essa mulher, está envolvido numa ilusão muito forte, o que te impressionou foi somente a beleza e o corpo dela. Mulher bonita impressiona e domina a mente do homem, o que te tortura é a memória, que é umas das fontes do seu sofrimento. Sem querer fez um trabalho de amarração contra si mesmo, ficou com a mente tão fixo nela, que ficou amarrado na mulher.

O que entendi, a sua ex é uma lésbica que te traiu com outra mulher, e já teve 2 namoradas, isso aconteceu porque a tia dela quando levou para a sua igreja, queria que ela conhecesse um rapaz, um homem de Deus, para tirá-la do homossexualismo. Acredito que ela tentou sair do homossexualismo, e usou você como experiência, pelo visto, ela não se adaptou, voltando assim ao lesbianismo. Deve ser frustrante saber que foi traído, mas quando sabe que a sua mulher traiu com outra mulher, pode deixar um trauma enorme.

O homem em vez de pedir para Deus uma mulher para ser feliz, pedi para Ele aprender superar as paixões, ficar independente emocionalmente de uma mulher, aprende substituir o sentimento de amor por gostar, como disse o Senhor Budha: “O mais importante nessa vida não é ter a pessoa amada, mas sim ser independente emocionalmente delas. Mesmo que o amor seja correspondido, um dia irá acabar devido a impermanência do mundo, pode acontecer uma tragédia a sua amada e com isso irá sofrer!”.


Mãe chora perto do cadáver do filho, que cometeu suicídio porque a namorada rompeu com ele.
Não faça isso, pensa na sua família, nos seus amigos, pessoas que te amam, principalmente a sua querida mãe.

O desejo de suicídio ocorre devido às frustrações da vida, a vida e a morte caminham juntas, mas quando os nossos anseios não são atendidos, pensamos em tirar a nossa própria vida. O homem aguenta perder tudo nessa vida, perde emprego, carro, saúde, entes queridos morrem, etc, mas quando perde a mulher amada (ela nem morreu, somente terminou contigo), pensa logo em si matar. A própria mãe morre, ele não sofre tanto como um termino de um relacionamento. Falo isso por experiência própria, quando a minha querida mãe faleceu, sofri muito, mas foi só um momento, nada comparado quando a mulher terminava comigo.

Aceitar as perdas é a parte evolutiva do homem, deixa-a ir embora, toca a sua vida, trabalhe a sua mente com paciência, joga atenção sobre si mesmo, aprenda agora em diante, que não existe amor nesse mundo, tudo é ilusão, e aprende enxergar a realidade. Não tire a sua vida, procura novos rumos na sua vida, crie novos objetivos, recicla a sua mente, que esses desejos de morte irá desaparecer. Não interessa se não deu certo, zera o cronômetro e começa tudo outra vez. Já passei diversas vezes essa situação quando era jovem, aprendi superar essa dificuldade, por falta de experiência somos fracos perante a mulher, devemos nos conscientizar disso, para nos tornar fortes perantes a elas.

Fique com Deus!

Seja Felizes e Superam as Paixões!

Do seu amigo: Márcio de Andrade.

7 comentários:

  1. Márcio muitíssimo obrigado pela sua ajuda meu amigo, eu te agradeço de todo meu coração saiba que você tem um lugar especial no meu coração por ter me ajudado nesse momento tão difícil.

    Dói muito quando há pessoa que você "ama" te troca por outra, muitos dos ditos Meus "amigos" me zoaram, chamaram me de borracha fraca, corno de lésbica, e outros humilhações que não esperava dessas pessoas.

    Você tem razão meu amigo igrejas evangélicas são fábricas de manginas, o pastor sempre diz que você tem que casar com uma mulher abençoada que vai te dar alegria, filhos, e etc. Já vi muito crente se casando com ex puta, ex prostituta, ex mulher de bandido, triste muito triste. Minha mãe também sempre disse que DEUS me daria uma excelente esposa, e eu seria muito feliz querendo ou não isso fica no subconsciente, e como se você precisa se de outra pessoa para ser feliz a igreja evangélica diz isso.

    CONTINUA

    ResponderExcluir
  2. Pela ajuda que você me deu, por suas sábias palavras não irei tirar minha vida e não jogarei minha felicidade no colo dos outros.

    Tentarei com o máximo esforço destruir a paixão existente em minha alma, e nunca mais me apaixonar por nenhuma mulher porque a paixão é prisão.

    Será uma luta diária porque a todo momento a sociedade através de filmes, séries, musicas, anúncios, amigos, família jogam na sua cara que você precisa ter uma pessoa para ser feliz, para cuidar de você na velhice, construir uma família.

    Márcio como posso conseguir a independência emocional? Você teria algum livro, vídeo, exercício mental/espiritual que eu poderia fazer para conseguir alcançar esse estado?

    Obrigado pela ajuda meu amigo, você estará sempre no meu coração, eu esquecerei ela, deixarei as paixões de lado e buscarei novos rumos em minha vida. Se ela acha que será feliz nessa vida de lesbianismo carnal o problema é dela, que siga sua vida e eu a minha. Obrigado por tudo Márcio.

    De seu leitor e amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para conseguir a independência emocional, primeiro deve rever todos os seus conceitos sobre o amor, parar de acreditar nele e aprender substituir pelo sentimento de gostar. É muito difícil sair dessa situação, é um trabalho de formiguinha porque somos bombardeados pela sociedade, amigos, familias e principalmente pelos meios de comunicações que devemos casar para ser feliz. Isso está destruindo muito a vidas dos homens, mas as vezes aprendemos na base da porrada mesmo.

      As vezes os leitores pedem para indicar um livro, vídeos, etc, e fico sem resposta, porque aprendi através de mim mesmo, observando o mundo e recebia as instruções oralmente dos meus mestres. Os livros que leio são obras orientais traduzidas, mas para uma pessoa comum, sem base, fica muito dificil de compreender. Os livros são Srimad Bhagavatam, Bhagavad Gita, Unipanisad, Tao te Ching, etc.

      Tem um Confrade no Facebook que quer falar muito contigo, ele acredita que pode te ajudar muito e pediu para te dar o recardo para entrar em contato com ele.

      Por favor adiciona esse Confrade que quer falar muito com você: https://www.facebook.com/calvino.alegre

      Fique na Paz Irmão!

      Supera as Paixões e Seja Feliz!

      Márcio de Andrade

      Excluir
    2. Olha cara, e só para complementar ainda mais a mensagem anterior que deixei e te deixar mais alegre, olha só o que muitos namoraduxos estaão passando com sua namorada, de repente você se livro desse grande inferno emocional. Esse vídeo é de uma série de humor no Youtube, mas não deixa de mostrar a realidade em muitos pontos, rsrsrsrs: https://www.youtube.com/watch?v=NQp1_f8u21E
      https://www.youtube.com/watch?v=K9XMCq9Efmw
      https://www.youtube.com/watch?v=yHBDWhNMDOU

      Excluir
    3. Se quiser me adicionar, basta acessar o facebook em:
      https://www.facebook.com/tadeu.debarcelosferreira

      Excluir
  3. Engraçado que, para mim, sempre sofro com as frustrações da vida em si, como não conseguir vencer os medos e fobias, e de não ter uma vida estabilizada ainda, e creio que por uma mulher sofreria bem menos, por mais que o relacionamento terminasse. Essa frustração de não alcançar os objetivos me abalou mais do que o suicídio do meu irmão 10 anos atrás, não que não me importe ou não me choque o fato de ele ter acabado com a própria vida (no caso dele, foi um misto de desilusões amorosas e também dessa frustração que descrevi), mas o fato é que isso me corrói aos poucos, saber que se tem objetivos bem definidos na vida, sonhos, metas, objetivos, mas não conseguir atingir nenhum deles muitas vezes pode parecer a morte em vida. Não estou desmerecendo o caso do confrade acima que é bem sinistro por si só, mas sim complementando o post. E que bom que mais uma vez o Marcio ajuda um confrade, não é a toa que digo que ele é um dos grandes nomes dentro da Real. A sensação de ajudar um confrade deve ser muito boa!

    ResponderExcluir
  4. O sentimental bonzinho acha que agindo conforme a receita repugnante de bom moço dos contos de fadas, irá conquistar a mulher de seus sonhos. Aparentemenente o pegador e famoso cafajeste é bem-sucedido com mulheres, mas apenas vive e sustenta um circulo vicioso, nada mais importa do que a proxima vitima. Ambos estão dominados por alienações, estão afundados em um abismo, dependendo e vivendo exclusivamente para as femeas, procurando preencher um vazio existencial enorme dentro deles. Coitados!!

    Porem existe um terceiro homem, este sabe que a felicidade não está no carro, roupa ou na mulher que conquistou, ele é o mais evoluido dos tres, ou melhor, apenas ele é o evoluido. A felicidade deste homem está no homem que ele é, no homem que ele idealiza ser e luta para ser. As mulheres para ele acontece de forma natural e justa, assim como qualquer outra coisa na vida dele. Age pelo instinto de sua masculinidade, é misterioso, sabe se aproximar sem bajular, faz ela rir um pouco para se descontrair, este homem deixa as mulheres perplexas pois ela percebe que seu encanto não se aplica a este, ela percebe que seu poder de sedução não funciona com ele do mesmo jeito que mexe com os dois primeiros(bonzinho,cafajeste), este é diferente, desafiador e interessante, ele é evoluido e busca somente a evolução, para assim se ajudar e ajudar o proximo.
    Pare de bajular mulher, ou querer pegar o maior numero delas. Viva pra voce, mate as alienações e acorde a masculinidade que esta ai dentro!!

    ResponderExcluir